Mogeiro realiza ação para controle do mosquito que provoca a leishmaniose

A Secretaria de Saúde realizou no último dia (10) uma ação voltada para o combate a proliferação do mosquito flebotomideo também conhecido como mosquito palha que é o responsável pela transmissão da leishmaniose visceral, te cimentar e mucocutanea.

O trabalho realizado faz parte das ações de controle da leishmaniose e está dividida em três etapas: pesquisa nas residências com suspeita da presença do mosquito; realização de exame junto aos animais com suspeita da doença e o controle dos insetos através da pulverização/borrifação.

Na ação realizada pela Secretaria de Saúde na Serra da Boa Vista e Guararema os agentes aplicaram a borrifação e coletaram o sangue dos cães para a realização do exame para confirmar ou não a contaminação. O serviço realizado faz parte do Programa Nacional de Controle das Leishmanioses.

Da ASCOM

COMPARTILHAR